Ao utilizar este website está a concordar com a nossa política de uso de cookies. Para mais informações consulte a nossa política de privacidade e uso de cookies.

OK
Marcar reunião online

Marcar reunião online

Preencha os seus dados e nós entraremos em contacto consigo para marcar a web call
* Campos de preenchimento obrigatório

A NEWCO é uma empresa de serviços profissionais especializada na operacionalização de investimento estrangeiro em Portugal, incluindo na Ilha da Madeira, e Malta.

Valletta: A Cidade Superbissima
20 nov 2020

Valletta: A Cidade Superbissima

Nos últimos anos, Malta posicionou-se como uma das jurisdições europeias mais interessantes para a criação e/ou relocation de empresas internacionais. Muitos empreendedores e investidores são atraídos, não só pelo ambiente empresarial seguro e vantajoso, mas também pelo clima moderado, a fascinante arquitetura e a beleza natural deste país.

Em nenhum outro lugar esta combinação de fatores é mais evidente do que na capital maltesa, Valletta.

 

Superbissima

Malta desde sempre se fez valer da sua localização estratégica como base naval no Mediterrâneo. Várias potências regionais - Fenícios e Cartagineses, Romanos, Gregos e Árabes - governaram e disputaram a ilha.

A cidade de Valletta data do século XVI. Na altura, a ilha de Malta era governada pela Ordem dos Cavaleiros Hospitalários - uma ordem militar católica, encarregada dos cuidados e defesa da Terra Santa. Após a árdua vitória no Grande Cerco de Malta sobre o Império Otomano, Jean de Valette, o Grão-Mestre da Ordem, partiu para a construção de uma nova cidade adjacente às fortificações existentes. A cidade tomou o seu nome, sendo conhecida como La Valletta.

Após uma breve ocupação francesa, Malta tornou-se uma colónia britânica no séc. XIX. A ocupação britânica teve efeitos duradouros, que podem ser observados ainda hoje, não só nas infraestruturas e arquitetura, mas também nos sistemas administrativo, judicial e fiscal malteses, fortemente influenciados pelos padrões anglo-saxónicos.

As imponentes fortificações e palácios de Valletta, principalmente em estilo barroco, levaram à alcunha da cidade: Superbissima - latim para "a mais orgulhosa".

 

Viver em Valetta

Com apenas 0,84 km2, Valletta é a mais pequena capital entre os estados da UE. A sua área metropolitana alberga quase 400.000 pessoas, o que a torna uma das cidades mais densamente povoadas da Europa. Quase 95% da população é de origem maltesa, enquanto os restantes são na sua maioria de ascendência britânica e italiana.

O clima é do tipo quente-mediterrânico, apresentando verões quentes e secos, e invernos húmidos e suaves. Encontram-se nesta cidade muitos edifícios históricos e culturalmente significativos, incluindo a Co-Catedral de São João, o Museu Nacional de Belas Artes e o Auberge de Castille et Leon, que serve agora como o gabinete do Primeiro Ministro de Malta. A Universidade de Malta tem um campus em Valletta, oferecendo principalmente programas de mestrado internacionais.

Valletta dispõe de uma mão-de-obra qualificada, flexível e bilingue (maltês e inglês.  A semana normal de trabalho é de 40 horas, e os funcionários têm direito a 24 dias de férias por ano.

 

Porquê investir em Valletta? (e em Malta em geral)

Vários fatores posicionam esta cidade como um dos principais destinos de serviços internacionais da Europa. Malta faz parte da Zona Euro, do Espaço Schengen e da Commonwealth, o que torna Valletta na porta perfeita para o amplo mercado europeu. Malta é política e socialmente estável, com uma economia diversificada centrada nos sectores do turismo e dos negócios internacionais, dispondo de infraestruturas modernas e sofisticadas.

O Porto de Valletta é um porto natural que proporciona uma excelente logística para a navegação marítima internacional e também para cruzeiros de lazer. Um regime fiscal flexível e competitivo para o investimento estrangeiro e uma força de trabalho altamente qualificada proporcionam muitas vantagens na implementação e gestão de empresas estrangeiras.

Malta tem um dos regimes de participation exemption mais abrangentes da UE, oferecendo isenções fiscais em Malta para dividendos e ganhos de capital relacionados com uma detenção de participações. O país oferece também uma vasta rede de tratados de dupla tributação que apresentam condições favoráveis.

Para uma análise mais completa e detalhada das vantagens do regime fiscal maltês, recomendamos a leitura do nosso guia.


Brochura

Brochura Malta

download